Role o mouse

O Portal

O Portal OXE é uma das ações de mediação leitora do projeto OXE: literatura baiana contemporânea  que ocorre no IFBA, campus Santo Amaro, desde 2014. A criação do portal foi motivada pela necessidade de ter disponível um acervo que possibilitasse acesso a textos literários de autorxs baianxs de gerações distintas e gêneros diversos, voltado principalmente estudantes da educação básica. Além de ser um instrumento educacional, o site possibilita a circulação de textos literários baianos em mídias e redes digitais.

Ler mais sobre o projeto

Autores

  • João Vanderlei de Moraes Filho

    Santo Amaro anuncia algum doce de cana nos cantos malandros dos olhos daquela mulher.
  • Wilson Pereira

    Tenho dois amores: um é a poesia o outro, Maria. E Maria é está vontade em mim de amar mil mulhere
  • Vânia Melo

    Meu black é livre, por mim liberado! Encantador, Encantado!
  • Wesley Correia

    mistério errante das coisas sem tempo.
  • José Carlos Capinam

    A ele cabia apenas o banho, a janta e o descanso, para no outro dia voltar à lida.
  • Ione Carla

    Deixando seus mais doces segredos Escarnados em mim.
  • Deisiane Barbosa

    moro inconstante moro fugaz moro sem me demorar
  • Antônio Queiroz

    Se você gosta de lendas Pegue este livro e arquive É fruto da inspiração De um bom momento que tive
  • Martha Galrão

    O que me mata é a falta de seus olhos nos meus.
  • Darcy Brito

    Os pingos d'água nada mais eram que minhas lágrimas
  • Herculano Neto

    Não tenho medo de ser simples tenho medo de ser oco
  • César Rasec

    E Guripo lançou a maldade no horizonte. O outro era o alvo.
  • Adriano Eysen

    O tempo rabisca teoremas no peito pedra do homem onde fantasmas me consomem.
  • Cleberton Santos

    Palavras, todas as palavras que eu pudesse recitar o mundo
  • Antônio Barreto

    A forma da poesia Não é muito radical Porque a simplicidade É muito fundamental
  • Tianalva Silva

    E chorando e chorando muito, começava a dançar.

Autores

Neide Cortizo

A perfeição vive em instantes não se instala, é mutante.

Adriano Eysen

O tempo rabisca teoremas no peito pedra do homem onde fantasmas me consomem.

Tiganá Santana

Menino caminha pra sonhar Dona Terezinha é o chorar Seu Zezinho de Aninha é o chegar, 10 de agosto é

César Rasec

E Guripo lançou a maldade no horizonte. O outro era o alvo.