Role o mouse

O Portal

O Portal OXE é uma das ações de mediação leitora do projeto OXE: literatura baiana contemporânea que ocorre no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia, campus Santo Amaro, desde 2014. Constitui-se em ações que promovem a leitura literária como prática de fruição estética, de entretenimento e de interação social, privilegiando a produção literária dos finais da década de 70 do século XX aos dias atuais, abarcando autores que selecionaram o estado como local de moradia e nicho de produção criativa.

Ler mais sobre o projeto

Autores

  • Wilson Pereira

    Tenho dois amores: um é a poesia o outro, Maria. E Maria é está vontade em mim de amar mil mulhere
  • Nívia Maria Vasconcellos

    O amor não está nas cartas lançadas sobre mesas postas, está na tensão de quem as ouve e deseja.
  • Jean Paul d’Antony

    Renuncio a morte que me liberta diante do esquecimento na calçada.
  • Palmira Heine

    Às vezes sou estrada que segue, Outras, viajante que vai.
  • Antônio Torres

    Ai que saudades que eu tenho
  • Cleberton Santos

    Palavras, todas as palavras que eu pudesse recitar o mundo
  • Kátia Borges

    Minha avó era cega. Dela, herdei a capacidade de ver sem usar os olhos.
  • Julio Braga

    indaka de kafurungonga da ciência etnológica
  • Ayêska Paulafreitas

    Um hábito como outro qualquer, mania como todo mundo tem.
  • Antônio Barreto

    A forma da poesia Não é muito radical Porque a simplicidade É muito fundamental
  • Adriano Eysen

    O tempo rabisca teoremas no peito pedra do homem onde fantasmas me consomem.
  • Rubens da Cunha

    A cada um de nós, ela desvela com seu olhar salobre e a loucura de quem pode guardar pontes.
  • Tiganá Santana

    Menino caminha pra sonhar Dona Terezinha é o chorar Seu Zezinho de Aninha é o chegar, 10 de agosto é
  • Valdir do Carmo

    ...para o menino sem nome, nada mais era de se estranhar no mundo dos sentidos.
  • Margot Valente

    Não quero ir e pronto! Só faço o que quero e quando quero, ora essa!
  • Elieser César

    Quitéria se vestiu como a heroína da história para desfilar no Dois de Julho

Autores

Itamar Vieira Jr.

E cores, algumas, sabia o que representava – presumíveis representações dos deuses da África

Lívia Mattos

Deixa passar o que tiver de passado deixa ficar o que restou de sagrado

Clarissa Macedo

É preciso aprender das pedras

Ricardo Thadeu

Talvez encontrem a caixa preta: Os motivos, a pane, a falha humana.