OXE: portal da literatura baiana contemporânea > Tipo da obra > Crônicas > TUDO QUE É PERTO AINDA É MUITO LONGE